22/01/2014

Ministério Público denuncia dois ex-diretores de Alcaçuz

O Ministério Público Estadual ofereceu denúncia à Justiça contra dois ex-diretores da Penitenciária Rogério Coutinho Madruga (Alcaçuz) por terem solicitado “diuturnamente vantagens patrimoniais criminosas” ao apenado José Welton de Assis. Os dois ex-diretores são acusados de “solicitação em razão da função de vantagem e indevida corrupção passiva.”
Em depoimento que prestou à Comissão Especial de Processo Administrativo no âmbito da Secretaria Estadual da Justiça e Cidadania, o preso José Welton de Assis disse que o então diretor Alexandre Medeiros providenciaria o seu retorno a Sergipe mediante o pagamento de R$ 50 mil. Como não aceitou a proposta, Welton disse que passou a sofrer represálias por parte do então diretor.
Na outra denúncia, contra o ex-diretor Adalberto Luiz Avelino, o Ministério público afirma que ele “solicitou e recebeu indevidamente do custodiado José Welton de Assis” a quantia de R$ 15 mil para o detento ser transferido do sistema carcerário do Rio Grande do Norte para o de Sergipe, “ao arrepio da lei”.
Lei a íntegra das duas denúncia:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,