18/02/2014

Cearense é preso no RN com mais de 1.000 comprimidos de metanfetamina

Mais de 1.000 comprimidos de metanfetamina foram apreendidos com o suspeito em Natal (Foto: Divulgação/Polícia Federal do RN)
A Polícia Federal do Rio Grande do Norte prendeu nesta segunda-feira (17) um homem de 21, anos natural do Ceará, com mais de 1.000 comprimidos de metanfetamina. A prisão aconteceu na agência dos Correios do bairro Alecrim, na zona Leste de Natal. Segundo a PF, o cearense disse que esperava por uma suplemento alimentar vinda de Belo Horizonte, em Minas Gerais, que seria comercializado na capital potiguar. A PF não divulgou o nome do suspeito.

A Polícia Federal disse que na semana passada recebeu a informação de que uma caixa contendo uma grande quantidade de comprimidos foi detectada pela inspeção de um dos raios-X dos Correios. Na sexta-feira (14), os policiais acompanharam a entrega do objeto em uma residência o bairro Barro Vermelho, também na zona Leste de Natal, onde o dono do imóvel recusou o pacote, alegando que a pessoa que encomendou o pacote não residia no local.
 A caixa foi então levada de volta para o Centro de Entrega de Encomendas, no próprio Alecrim. No sábado (15), um homem ofereceu dinheiro ao funcionário dos Correios para receber o pacote. O funcionário o orientou que ele retornasse na segunda, uma vez que não havia atendimento durante o final de semana.
Já nesta segunda, quando ele recebia a encomenda, o cearense foi abordado pelos agentes da PF. O suspeito tentou fugir, mas foi perseguido e preso. Além da droga, com o suspeito foi encontrada uma carteira de identidade falsificada.
Na sede da Polícia Federal, o suspeito disse que conheceu uma pessoa pela internet que dizia ser de Belo Horizonte. Segundo ele, a pessoa sugeriu enviar uma caixa com suplemento alimentar para ser comercializado na capital potiguar.
Em depoimento, o cearense disse não saber que o pacote continha drogas sintéticas. Uma análise preliminar feita pela perícia confirmou que o material apreendido se tratava de metanfetamina, uma droga estimulante do sistema nervoso central, muito potente e altamente viciante.
O cearense deve ser indiciado por tráfico de droga, uso de documento falso e corrupção ativa, já que ele também tentar subornar um funcionário público. Ele ficou detido na Superintendência da PF e está à disposição da Justiça.
A última apreensão de droga sintética feita pela Polícia Federal no RN aconteceu em dezembro de 2011, quando brasileiros foram presos no Aeroporto Internacional Augusto Severo, na Grande Natal, com 6 quilos de comprimidos de ecstasy.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,