18/02/2014

Polícia cria comissão para investigar morte de ex-mulher de PM no RN

Izânia Bezerra, ex-mulher do tenente Iranildo
A Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol) divulgará uma portaria instituindo uma comissão de delegados para auxiliar o delegado Normando Feitosa, titular da Delegacia de Polícia Civil de Macaíba, nas investigações do assassinato da estudante de Direito Izânia Maria Bezerra Alves, de 31 anos, morta com quatro tiros na tarde deste último domingo (16) em Macaíba, na Grande Natal. No momento do crime a vítima estava com o ex-marido, o tenente da Polícia Militar Iranildo Félix, suspeito do assassinato do professor e lutador de MMA Luiz de França Trindade, de 25 anos, morto na semana passada na zona Sul da capital.

Segundo a própria Degepol, a comissão será constituída pela delegada Sheila Freitas, da Delegacia Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), e pelos delegados Matheus Trindade, da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur), e Emerson Valente, da Delegacia Especializada de Defesa e Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov). As investigações acerca da morte do professor e lutador de MMA Luiz de França Trindade continuam sob a responsabilidade do delegado Sílvio Fernando, da 11ª DP, com o apoio do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil.
zânia foi morta com quatro tiros no início da tarde deste domingo (17) em uma estrada carroçável de Macaíba, na Grande Natal. Os suspeitos, até o momento, são dois homens não identificados que teriam mandado o tenente parar o carro e depois anunciaram o assalto. Na ocasião, houve uma troca de tiros, já que o tenente estava armado e reagiu. O tenente também foi atingido, mas os tiros acertaram o colete a prova de balas que ele usava. A ex-mulher levou um tiro no pescoço, um no rosto e dois na cabeça.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,