23/09/2014

Camelôs protestam e fecham ruas no bairro do Alecrim em Natal/RN

 
A manhã de hoje (23) foi de tensão no bairro do Alecrim, zona Leste de Natal. Após uma operação policial que apreendeu CDs e DVDs piratas, os camelôs realizaram uma manifestação queimando pneus e bloqueando algumas das principais vias do bairro. A Polícia Militar foi ao local e deteve quatro pessoas. O trânsito foi ficou pouco mais de 30 minutos bloqueado, até a liberação. No entanto, o grupo realizou mais um bloqueio durante a manhã, que foi finalizado por volta das 11h30.
 
Nas primeiras horas da manhã, policiais civis e guardas municipais, em operação conjunta, efetuaram a apreensão do material pirata. No momento da ação, houve protesto, mas os comerciantes não resistiram. Pouco tempo depois, no entanto, um grupo de aproximadamente 70 pessoas foi à rua e iniciou a manifestação. No cruzamento das avenidas Presidente Bandeira e Coronel Estevão, os manifestantes gritaram palavras de ordem e usaram objetos para bloquear completamente a via, inclusive queimando pneus. A Polícia Militar acompanhou a movimentação e agiu em seguida para garantir a liberação do cruzamento, enquanto o Corpo de Bombeiros foi até o local para controlar as chamas.
 
PDurante o protesto, alguns comerciantes do local decidiram fechar as lojas e, mesmo após a dispersão, que ocorreu por volta das 10h30, ainda havia estabelecimentos fechando para evitar possíveis danos às mercadorias. Na manifestação, três homens foram detidos e ouvidos na Delegacia do Alecrim, sendo liberados em seguida. Um adolescente também foi apreendido e a responsável estava sendo aguardada para que ele também fosse ouvido antes da liberação.

Apesar das prisões, os camelôs voltaram a protestar. Dessa vez, o foco foi o cruzamento da Presidente Bandeira com Amaro Barreto, próximo à praça Gentil Ferreira. Mais uma vez, pneus foram queimados e o trânsito completamente bloqueado. Os comerciantes fecharam as portas e o Batalhão de Choque da Polícia Militar se posicionou, inclusive com armas não-letais, para garantir a ordem. A via só foi liberada às 11h30. Duas pessoas foram presas na segunda manifestação por desacato a autoridade e incitação à violência. A PM continua em prontidão, mas as vias seguem liberadas.

Fonte: Tribuna do Norte
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,