21/11/2014

Visita é proibida em CDP no RN após apreensão de brocas e celulares


Agentes penitenciários encontraram celulares e vários acessórios para telefone, além de furadeiras manuais e brocas em uma cela do Centro de Detenção Provisória de Parnamirim, na Grande Natal. O material teria sido entregue por um jovem, que pulou o muro da unidade. Após a apreensão, a direção do presídio decidiu proibir as visitas nesta sexta-feira (21).
O CDP tem capacidade para 70 homens. Atualmente, a unidade abriga 109 presos.
 Segundo Elidete Dantas, diretora da unidade, o rapaz pulou o muro e foi direto para a cela 3, onde entregou o material. "Um agente nosso percebeu a ação e tentou detê-lo, mas ele conseguiu fugir. Quando fizemos a revista encontramos a encomenda na cela 2. Por isso, decidimos que não haveria visita para as celas 1, 2 e 3, que ficam próximas umas das outras", explicou.
A diretora falou ainda que nenhum detento assumiu ser o dono do material entregue. "Foram duas furadeiras manuais, duas brocas, uma serra, celulares, carregadores, chips e vários acessórios que o rapaz jogou para dentro da cela.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,