24/04/2015

Caicoense Valdir e outros nove presos foram transferidos para o presídio federal do MT



Desde a madrugada desta quinta-feira (23), a Secretaria de Administração Penitenciária junto com o Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN), viabilizam a transferência de dez presos do Presídio PB1, na capital paraibana, para o Presídio Federal de Campo Grande, em Mato Grosso. A operação acontece através de voos comerciais. A autorização para a transferência foi dada pela juíza Higyna Josita Simões, que responde pela Vara das Execuções Penais da Comarca de João Pessoa. Conforme explicou a magistrada, o pedido para inclusão dos dez presos foi feito pela GESIPE/PB, junto à Vara da Execução Penal da Capital, tendo a solicitação de autorização para inclusão deles no Sistema Penitenciário Federal sido atendida pelo juiz Federal de Campo Grande, Dalton Igor Kita Conrado.

A inclusão dos presos baseou-se no fato deles desempenharem função de liderança ou participado de forma relevante de organização criminosa, bem como por serem membros de quadrilha ou bando, envolvidos na prática reiterada de crimes com violência ou grave ameaça e também por estarem envolvidos em grave indisciplina no sistema prisional de origem.

De acordo com a magistrada das Execuções Penais, a juíza Higyna Josita, "no Presídio Federal estes presos ficarão sozinhos em uma cela, terão direito a banho de sol de apenas duas horas diárias, serão monitorados por câmeras durante todo o dia, enfim, em um estrutura muito mais rígida de segurança". Segundo a Juíza, tal decisão tem por objetivo estabilizar a ordem nas unidades prisionais da Capital e favorecer a Segurança Pública do Estado da Paraíba. "Todos nós sabemos que muitas das ordens e 'salves' dados para prática de crimes partem de dentro dos presídios, por meio de celulares, por líderes e membros de facções aqui existentes, fato que interfere na segurança pública do Estado", ressaltou.

Os apenados transferidos para o Presídio Federal de Campo Grande são SEVERINO CELESTINO COSTA FILHO ("Fofão"), HÉLDER GUIMARÃES RAMOS ("Gordo Pompa"), VERONALDO LUCINDO DE ARRUDA ("Verão do Bairro São José"), SWILHAME DE FREITAS OLIVEIRA ("Shu"), GILMAR SOARES DA SILVA ("Bebão"), JOÃO FRANCISCO DA SILVA ("Tapioca"), EDUARDO FERREIRA DOS SANTOS ("Dudu da Morte"), EDSON JOSÉ DA SILVA ("Rato"), ALVARO ANDRÉ LEANDRO LIMA ("Recife") e VALDIR SOUZA DO NASCIMENTO ("Caicó"), devendo permanecer lá pelo prazo 360 (trezentos e sessenta) dias.

Fonte: Click PB 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,