23/04/2015

Sindicalistas vão à delegacia após confusão e quebra de urnas em Natal


A confusão no Sindicato dos Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro/RN) na tarde desta quarta-feira (22) terminou com dez pessoas levadas para prestar esclarecimentos na 1ª Delegacia de Polícia Civil, no Centro de Natal. Dois dirigentes de chapas que disputam a eleição dos rodoviários afirmam ter sido agredidos. O pleito eleitoral, que estava marcado para esta quinta-feira (23), foi suspenso porque algumas urnas foram quebradas durante a confusão.

Líder de uma das chapas de oposição, Júnior Rodoviário chegou à 1ª Delegacia de Polícia Civil com um corte na cabeça. Já o atual presidente do sindicato, Nastagnan Batista, estava com escoriações nos braços. A Polícia Civil informou que todas as pessoas levadas para a delegacia serão liberadas após a assinatura de um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO).

O sindicato, que fica no bairro do Alecrim, na Zona Leste, foi invadido por chapas de oposição à atual diretoria. Os opositores acusam a chapa de situação de fraudes nas urnas e afirma que foram impedidos de entrar no sindicato. 
 
De acordo com Francisca de Araújo, que integra a comissão eleitoral, algumas das 26 urnas foram quebradas na invasão, impossibilitando a realização da eleição nesta quinta. Depois da invasão, os sindicalistas fecharam a Avenida Deodoro da Fonseca e causaram congestionamento no trânsito.

Fonte: G1-RN
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,