13/07/2015

Juiz determina prisão de policial por morte de Eliza Samúdio


O juiz Elexander Camargos Diniz, da Vara do Tribunal do Júri do Fórum de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, decretou a prisão preventiva do policial civil aposentado José Lauriano de Assis, o Zezé, acusado de participação na morte e ocultação do cadáver de Eliza Samúdio, ex-amante do goleiro Bruno e que havia ‘escapado’ da primeira leva de condenações do caso.
O mandado de prisão foi decretado sob a alegação de que a liberdade do acusado pode atrapalhar o andamento da instrução criminal. “O simples fato de se tratar de um policial civil incute temor a testemunhas e aos demais envolvidos na sequência de crimes”, apontou o juiz.
Zezé foi denunciado pelo MP por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver, corrupção de menores e coação no curso do processo.
Elexander Camargos Diniz determinou ainda que o segundo denunciado pelo MP, o policial civil Gilson Gosta, fique proibido de se aproximar e de manter contato com testemunhas, vítimas e informantes do processo. Costa vai responder pelo crime de coação.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,