29/07/2015

Operação do MP afasta prefeito de Umarizal e apura fraude e desvio de dinheiro


Uma operação deflagrada pelo Ministério Público do RN na manhã desta quarta-feira (29) culminou com o afastamento do cargo de prefeito Carlindson Onofre Pereira de Melo, chefe do Executivo em Umarizal, na região Oeste do Rio Grande do Norte.
A Operação Negociata busca desarticular uma quadrilha formada com o intuito de fraudar e desviar dinheiro através de um convênio entre a Prefeitura do município e o Banco Gerador S.A, que tinha por objetivo a concessão de empréstimos consignados e financiamentos aos servidores ativos e inativos.
Ao todo, 17 promotores de Justiça, delegados e agentes da Polícia Civil cumpriram seis mandados de prisão, três de condução coercitiva e 15 de busca de apreensão, além do mandado de afastamento do prefeito. Os mandados foram expedidos pelo Tribunal de Justiça e pelo Juízo da Comarca de Umarizal,  sendo cumpridos também nas cidades de Martins, Natal e Parnamirim.
Segundo o MP/RN, foram liberados nas contas dos envolvidos na investigação um valor de R$ 1.571.792,33, através de 109 empréstimos consignados e financiamentos. O saldo devedor dos débitos, atualizado até 2014, já chega aos R$ 2.043.625,34, com a dívida ficando sob responsabilidade da Prefeitura.
Os suspeitos serão denunciados pelos crimes de formação de quadrilha, estelionato, falsificação de documento público e particular, falsidade ideológica e peculato. O MP acredita que parte do grupo ainda atua em outros municípios do RN e até em outros estados.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,