02/07/2015

Transexual ‘crucificada’ na Parada Gay quer indenização de R$ 800 mil

Criticada após ser “crucificada” durante a 19ª Parada Gay, a atriz e transexual Viviany Beleboni entrou na Justiça de São Paulo com processo contra o Facebook para obrigar a rede social a identificar usuários que, após o desfile, publicaram montagens de fotos dela em meio a imagens de sexo explícito.
Ela também abriu sete processos em que reivindica indenização por danos morais no valor total de R$ 800 mil. Entre os alvos estão o senador Magno Malta (PR-ES), acusado por ela de ofender sua honra durante discurso, e o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), apontado por supostamente ter usado montagens de fotos do desfile com imagens de sexo explícito.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,