28/09/2015

Cunha afirma ser “impossível” o retorno da CPMF antes de julho

O presidente da Câmara, deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que considera “impossível” uma eventual volta da CPMF antes de julho de 2016.
Cunha detalhou o longo caminho processual que a proposta terá que trilhar e, abrindo fogo contra o governo Dilma Rousseff, com quem está rompido, destacou que, se a medida fosse aprovada pela Câmara e pelo Senado, só passaria a vigorar no segundo semestre de 2016, tendo, portanto, efeito nulo sobre o Orçamento que foi enviado ao Congresso com um déficit de R$ 30,5 bilhões.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,