09/09/2015

Presos no RN enviam carta ao governo e exigem televisão, cigarros e salgados

Os detentos do presídio Rogério Coutinho Madruga, o pavilhão 5 de Alcaçuz, entregaram hoje (08) uma carta de reivindicações à direção da unidade prisional. O documento traz 13 pedidos e está enderaçada à Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania (Sejuc) e ao governador Robinson Faria. Caso as reivindicações não sejam acatadas, detalham os autores da carta, ameaçam rebeliões em unidades prisionais potiguares.
A carta foi supostamente escrita por integrantes da facção do Primeiro Comando da Capital (PCC). Os presos exigem restabelecimento das visitas íntimas, a liberação de eletrodoméstico, aumento do tempo de almoço em dia de visitas, autorização da entrada de cigarros, uso de energia elétrica durante todo o dia e outros pedidos. o prazo para o cumprimento das medidas é de oito dias.
Através da assessoria de imprensa, a Sejuc informa que vai analisar documento. Algumas reivindicações, desde que se enquadrem em critérios legais, podem ser acatadas pelo poder público, como o aumento do tempo para as visitas de familiares.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,