22/01/2014

Assassinato em Parelhas pode ter sido queima de arquivo

A polícia da cidade de Parelhas/RN, investiga o assassinado de Jucelio Ramos de Azevedo, de 30 anos, ocorrido na manhã de ontem terça-feira, (21). Ele foi executado com cinco tiros, provavelmente de pistola de calibre 9 milímetros.
No momento do fato a vítima estava em um veículo Fiat Uno de cor azul e placas HUQ9311/PB. Os assassinos se aproximaram em um carro Cross Fox de cor preta, abriram fogo e fugiram.
Os tiros atingiram Jucelio na região lobar do corpo. Ele ainda foi socorrido para o Hospital local, mas, não resistiu aos ferimentos e morreu.
A Polícia não descarta a possibilidade de o crime ter tido motivação em acerto de contas ou queima de arquivo. A vítima foi preso há alguns anos na Operação Boqueirão, deflagrada pela Polícia Civil para combater o tráfico de drogas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,