23/01/2014

Em cima do muro: Henrique evita mostrar preferência por Wilma ou Fátima ao Senado: “Vamos aguardar a posição externada pelo PMDB”

Henrique Eduardo Alves foi questionado sobre a decisão do PMDB sobre a única vaga ao Senado. “Eu diria que há peemedebistas que querem aliança com o PT e há peemedebistas que querem com o PSB. Não quero personalizar nomes. Tudo tem que passar pelo convencimento. Vamos consultar também o PMDB sobre a aliança que o partido quer fazer para o Senado, para vice-governador. Queremos uma aliança ampla e levaremos esses nomes aos partidos aliados”, frisou.
Evitando se comprometer com a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) ou a deputada federal Fátima Bezerra (PT) ao Senado, Henrique disse que não vai permitir radicalismos ou descartes de partidos.
“Vamos aguardar a posição que venha ser externada pelo PMDB. Existe uma aliança nacional com o PT, mas essa verticalização não é obrigada nos Estados. Não haverá no PMDB nenhum radicalismo e nenhuma tolerância. Vamos conversar com todos”, disse Henrique, ressaltando que pretende fazer uma aliança ampla e conversar com todos os partidos, sem descartar nenhum. Por Marcos Dantas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,