24/02/2014

Assaltantes morreram em confronto com a polícia em Minas Gerais


Nove pessoas morreram e cinco ficaram feridas após uma troca de tiros entre policiais e uma quadrilha de assaltantes na madrugada do último sábado, 22, em Itamonte, no sul de Minas Gerais. Por volta das 2h, os criminosos explodiram caixas eletrônicos de uma agência do banco Bradesco. Enquanto realizavam o crime, eles foram cercados por policiais que tinham informações de que o assalto aconteceria.

Durante a troca de tiro, nove suspeitos morreram. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de São Lourenço. De acordo com a Polícia Civil, oito suspeitos mortos eram de Mogi das Cruzes, interior de São Paulo, e um era de Itanhandu, sul de Minas. Dentre os feridos, um era policial civil. Ele foi atingido no ombro por um disparo de fuzil, socorrido e levado de helicóptero para São Paulo.
Mesmo com a cidade cercada, alguns criminosos conseguiram fugir. Um homem de 26 anos foi preso pela Polícia Civil de Mogi das Cruzes em um condomínio de luxo na cidade de Arujá, em São Paulo. Com ele foram apreendidos uma moto, veículos e dinheiro manchado com tinta vermelha. Essas cédulas são provenientes do sistema de segurança dos caixas eletrônicos. Em Itamonte foram apreendidos fuzis, espingardas calibre 12, pistolas, dinamites, munições e coletes à prova de bala.
Segundo o chefe do Departamento de Polícia de Pouso Alegre, Sul de Minas, João Eusébio Cruz, a quadrilha já vinha sendo investigada há pelo menos três meses. Ele acredita que o grupo seja formado por 20 pessoas. Trabalharam na operação mais de 100 policiais civis e militares de Minas Gerais e de São Paulo. Eles também tiveram apoio da Polícia Rodoviária Federal.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
,